Parceiras

  • Rádio Jornal Recife

    Rádio Jornal Recife

  • Rádio Jornal Caruaru

    Rádio Jornal Caruaru

  • Rádio Jornal Garanhuns

    Rádio Jornal Garanhuns

  • Rádio Jornal Limoeiro

    Rádio Jornal Limoeiro

  • Rádio Jornal Pesqueira

    Rádio Jornal Pesqueira

  • Rádio Jornal Petrolina

    Rádio Jornal Petrolina

Publicidade

Enquete

PATERNIDADE/ CERTIDÃO DE NASCIMENTO
No Brasil, 5,5 milhões de crianças não têm o nome do pai no registro de nascimento, é o que aponta a última pesquisa feita pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Com base no Censo Escolar 2011, os dados foram divulgados em agosto do ano passado. No ranking nacional, o estado do Rio de Janeiro lidera no número de crianças sem o nome do pai na certidão de nascimento: São quase 700 mil crianças sem filiação completa. Em outubro de 2013, o Senado aprovou o projeto de lei da Câmara de Deputados (PLC 16/2013), que permite uma mãe registre o filho sozinha e declarar quem é o pai sem a comprovação do teste de DNA. O texto aprovado alterou a Lei de Registros Públicos (6.015/1973), Antes o pai tinha prioridade na hora de fazer o registro da criança, na falta dele, a mãe era a segunda opção. Na enquete de hoje nós queremos saber: VOCÊ ACREDITA QUE A ALTERAÇÃO DA LEI DE REGISTROS PÚBLICOS FOI UM AVANÇO AO PERMITIR A MÃE REGISTRAR O FILHO SOZINHA E DECLARAR QUEM É PAI?